Causas, sintomas e tratamento da asma, dicas e conselhos para prevenir e evitar a asma, nomeadamente a exposição aos factores alérgenos que motivam a asma. Muita informação útil para obter melhor qualidade de vida e saúde.


terça-feira, 6 de setembro de 2011

Etapas do tratamento de manutenção da asma

As Etapas do tratamento de manutenção da asma são as seguintes:

I – Asma intermitente

Utilizar β2 de curta duração por via inalatória para alívio dos sintomas.

II – Asma persistente leve
  • Utilizar β2 de curta duração por via inalatória para alívio dos sintomas.
  • Iniciar terapia antiinflamatória de manutenção. A primeira escolha é corticosteróide inalatório, por exemplo, beclometasona (400 a 800mcg/dia em adultos e 200 a 400mcg/dia em crianças) ou outro corticosteróide inalatório em doses equivalentes.

Alternativas:

– antileucotrienos para quem prefere a via oral ou
– cromoglicato dissódico, especialmente para crianças.

III – Asma persistente moderada
  • Utilizar β2 de curta duração por via inalatória para alívio dos sintomas.
  • Manter as mesmas doses de corticosteróide inalatório da etapa II, associando a β2 de longa duração, ou duplicar a dose de corticosteróide inalatório.
  • Quando os sintomas persistirem com os tratamentos anteriores, utilizar doses elevadas de corticosteróide inalatório, associado a β2 de longa duração com ou sem antileucotrienos e/ou teofilina.
IV – Asma persistente grave
  • Utilizar corticosteróide por via oral na menor dose necessária para controle dos sintomas, mantendo as medicações da etapa anterior.
Índice dos artigos relativos a Asma

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL