Causas, sintomas e tratamento da asma, dicas e conselhos para prevenir e evitar a asma, nomeadamente a exposição aos factores alérgenos que motivam a asma. Muita informação útil para obter melhor qualidade de vida e saúde.


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Na asma, o fumo, ácaros, poluição e baratas são gatilhos

Fumo passivo
Fumo ambiental do tabaco é muitas vezes chamado "fumo passivo", porque é o fumo que se respira quando não se é fumador, e que ocorre porque uma segunda pessoa fuma nas proximidades. Pais, amigos e familiares de crianças com asma devem tentar parar de fumar e nunca devem fumar perto de uma pessoa com asma. Eles só devem fumar ao ar livre e não na casa da família ou no carro.
Eles não devem permitir que outras pessoas fumem em casa, e devem certificar-se de que na escola de seu filho é proibido fumar.

Os ácaros da poeira 
Os ácaros estão em casa de todas as pessoas, mas eles não causam ataques de asma em todas as pessoas.
Se você tem asma, os ácaros da poeira podem ser um gatilho para um ataque de asma. Para ajudar a prevenir ataques de asma, use protetores de colchão e use fronha para fazer uma barreira entre si e os ácaros da poeira. Não use almofadas, colchas ou edredons. Remova bichos de pelúcia e desorganização do seu quarto.

Poluição do Ar Externo
Poluição causada por emissões industriais e escapes de automóvel podem causar um ataque de asma. Preste atenção às previsões de qualidade do ar no rádio e na televisão e planeje suas atividades para quando os níveis de poluição do ar estejam baixos, já que a poluição do ar agrava a sua asma.

Baratas
Baratas e seus excrementos podem desencadear um ataque de asma. Livre-se de baratas em sua casa e mantenha-as longe, evitando expor comida e água acessivel. As baratas são normalmente encontradas em locais onde o alimento é ingerido e onde migalhas são deixadas para trás. Remova o maior número de água e fontes de alimentos que você puder, porque as baratas precisam de comida e água para sobreviver. Aspire ou varra áreas que podem atrair baratas, pelo menos a cada 2 ou 3 dias. Você também pode usar armadilhas para barata ou géis para diminuir o número de baratas em sua casa.

sábado, 13 de setembro de 2014

Como é tratada a asma

Você pode controlar a sua asma e evitar um ataque, se tomar o medicamento exatamente como o seu médico prescreveu para fazer, e evitando situações que possam causar um ataque de asma.
Nem toda a gente com asma toma o mesmo medicamento. Alguns medicamentos podem ser inalados, e outros podem ser tomados como uma pílula. Medicamentos para a asma surgem em dois tipos, de alívio imediato e controle a longo prazo. Medicamentos de alívio rápido ajudam a controlar os sintomas de um ataque de asma. Se você precisar de usar seus medicamentos de alívio imediato muitas vezes, deve consultar o seu médico para ver se você precisa de um medicamento diferente. Medicamentos de controle a longo prazo ajudam a ter menos e mais leves ataques de asma, mas eles não ajudam se você estiver a ter um ataque de asma.
Medicamentos para a asma podem ter efeitos colaterais, mas a maioria dos efeitos secundários são ligeiros e logo desaparecem. Pergunte ao seu médico sobre os efeitos colaterais de seus medicamentos.
O que importa sempre SABER é que você pode controlar a sua asma. Com a ajuda de seu médico, implemente o seu próprio plano de manejo da asma, de modo que você saiba o que fazer com base em seus próprios sintomas. Decida as pessoas próximas de si que devem ter uma cópia de seu plano de tratamento, principalmente para as crises de asma, de modo a que estas possam ajudar nestas alturas se for necessário. Tome o seu medicamento de controle a longo prazo, mesmo quando você não tem sintomas.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O que é um ataque de asma

Um ataque de asma ocorre nas vias aéreas do corpo, que são os caminhos que conduzem o ar para seus pulmões.
Como o ar se move através de seus pulmões, as vias aéreas tornam-se menores, como os galhos de uma árvore são menores do que o tronco da árvore. Durante um ataque de asma, os lados das vias aéreas nos pulmões incham, e as vias aéreas encolhem, entrando e saindo menos ar de seus pulmões, pelo que o muco produzido pelo corpo entope as vias aéreas ainda mais. O ataque pode incluir tosse, aperto no peito, chiado e dificuldade para respirar. Algumas pessoas chamam a isto um "episódio de um ataque de asma".
Um ataque de asma pode ocorrer quando você está exposto a algumas situações no ambiente, tais como ácaros e fumaça de tabaco. Estes são chamados gatilhos da asma. Alguns dos gatilhos mais importantes incluem:
- Fumo ambiental do tabaco (fumo passivo);
- Ácaros da poeira;
- Poluição do ar externo;
- Baratas;
- Animais de estimação;
- Bolor;
- Outros alérgenos.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Epidemiologia da asma

A asma constitui-se em uma emergência médica muito comum, compreendendo cerca de 5% dos atendimentos médicos nos serviços de emergência.
No Brasil, ocorrem anualmente cerca de 350.000 internações por asma, constituindo-se na quarta causa de hospitalização pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o que corresponde a 2,3% do total de internações. 
Em muitos países, a mortalidade por asma aumentou a partir de 1960, com dois picos na incidência: década de 60 e de 80. Atingiu um platô e diminuiu a partir da década de 90. Essa tendência de declínio parece refletir um melhor manejo da doença.
No Brasil, a mortalidade por asma em adultos jovens variou de 0,276 a 1,034 / 100.000 ao ano. Houve aumento  no período de 1970 a 1992 em crianças e adultos jovens, seguida de estabilização e tendência de diminuição a partir da metade da década de 90.

Índice dos artigos relativos a Asma

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL